Wilson Santiago está denunciado por crime de corrupção passiva

O deputado federal Wilson Santiago está denunciado pelos crimes de organização criminosa e corrupção passiva. Neste sábado (21), ele foi alvo de uma operação da Polícia Federal, batizada de “Pés de Barro”.

Além de Santiago, outras seis pessoas receberam uma “canetada azul” da PGR, entre eles o prefeito João Bosco Nonato, do município paraibano de Uiraúna. Ele teria sido flagrado com dinheiro na cueca.

Todos foram acusados de desviar recursos públicos destinados à construção da Adutora Capivara. A empresa Coenco Construções, responsável pelas obras, recebeu dos cofres públicos R$ 14,7 milhões e teria repassado R$ 1,2 milhão ao parlamentar e R$ 633 mil ao prefeito João Bosco.

A PGR chegou a pedir a prisão de Santiago, mas o ministro Celso de Melo não permitiu.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.