PGR vai recorrer da soltura do ex e ninguém está livre de nada

A PGR – Procuradoria Geral da República – não tem nenhuma dúvida de que “estamos diante de uma flagrante situação de gravíssimos crimes praticados por uma organização criminosa, a qual, sem nenhuma dívida, o paciente lidera”.

O paciente a que se refere a PGR é o ex-governador Ricardo Coutinho, que passou poucas horas no xilindró, após prisão preventiva decretada no âmbito da Operação Calvário/Juízo Final, acusado de ter desviado mais de R$ 134 milhões da saúde.

A Procuradoria emitiu parecer neste sábado (21) pela manutenção da prisão do ex-governador Ricardo Coutinho.

7 comments

  1. Isso é a cara do nosso judiciário. O país só está desse jeito, porque o judiciário não cumpre seu papel. Não existe democracia sem um judiciário eficiente e ágil.

  2. Tá claro e evidente ! O maior inimigo do povo brasileiro são o STF e STJ. Seus entendimentos deixam claro; quem roubar muito, ficará livre; quem roubar pouco, tá fudi….Formam uma verdadeira CONFRARIA DO MAL. Formam outra castra social. Prego ao não respeito por suas decisões . Melhor suas extincões.

  3. não meu amigo , o crime não compensa, este cidadão se é que possamos chama~lo assim, vai ser solto porque existe juiz deste naipe, mais ele tão cedo sairá as ruas pois o povo paraibano ja condecorou quando ele saiu do forum taxando de ladão e o povo não inocentou ainda , para nós ele continua como ladrão , até que seja julgado.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.