Gaeco/MPPB já sabe quem é o chefão da Orcrim-Calvário. Por que não prende logo?

O Gaeco/Ministério Público sabe quem é o chefe da Orcrim-Calvário, mas não age contra o figurão que esteve à frente do suposto desvio de mais de R$ 1 bilhão da saúde, através do contrato com a Cruz Vermelha, a gaúcha, envolvida até o talo no esquema criminoso.

De acordo com o levantamento, o valor desviado pode ser ainda maior. É que o esquema também esteve presente na Educação e que, por isso, o ex-secretário Aléssio Trindade foi um dos alvos da Operação Calvário V, através de busca e apreensão.

O cerco fechou, principalmente depois das delações, pela ordem: Leandro Nunes, Livânia Farias, Maria Laura, Jardel Aderico e Ivan Burity. Diz-se que Eduardo Coutinho não colaborou porque não tem o que delatar.

Mas, enfim, o Gaeco sabe quem é o chefão e por que não prende o figurão?

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.