Sobre apologia de um Bolsonaro, Azevedo pede respeito à Constituição

Os governadores do Nordeste não aceitam o pedido de desculpas de Eduardo Bolsonaro, apenas que “ele respeite a Constituição Federal”, disse o governador paraibano João Azevedo.

A reação é a forma truculenta como o filho do presidente Jair Bolsonaro defendeu publicamente a volta do AI-5, época da ditadura militar, a mais cruel medida do regime.

A nota assinada por nove governadores nordestinos é resumida numa única frase: “Ditadura nunca mais”.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.