Romero diz que PSDB errou em 2016; não falou de 2010

O prefeito Romero Rodrigues (PSDB), de Campina Grande, disse que seu partido errou quando deixou de concorrer a Prefeitura de João Pessoa, em 2016. “Na minha opinião, agiu equivocamente, pois o partido poderia ter feito uma candidatura própria”, comentou.

Não, Romero, o PSDB não errou em 2016. O maior dos erros aconteceu em 2010, quando fez Ricardo Coutinho (PSB) governador do Estado. Desde então, os tucanos perderam o protagonismo e o discurso.

“O partido poderia ter aguçado o debate de candidatura própria dentro da legenda e só depois ter discutido com Luciano (Cartaxo), pois tinha cacife para isso”, afirmou Romero em entrevista a uma emissora de rádio da Capital nesta quarta-feira (6).

Quer porque quer ser candidato a governador. “É o mesmo entusiasmo que me mover a chegar à Prefeitura de Campina Grande. Estou tentando cuidar do meu quintal, sem olha para o do vizinho…”

“… Não posso ser candidato sozinho, candidato de mim mesmo, então, para isso, eu tenho que mostrar resultados e convencer a população acerca do meu projeto”, arrematou.

Neste aspecto Romero tem razão, mas precisa lembrar que o PSDB começou errar lá  trás, desde a eleição de 2010.