Ruy reage a ‘hostilidade’ de Estela com questionamentos

Em nota, o PSDB paraibano reagiu às declarações da deputada Estela Bezerra (PSB) na defesa de clima hostil contra o ministro das Cidades, Bruno Araújo, deputado federal por Pernambuco e filiado a legenda dos tucanos, durante a inspeção que irá fazer no viaduto do Geisel no final do mês. A obra foi feita numa parceria entre os governos estadual e federal.

A propósito, esse tipo de visita de inspeção as obras que tem recursos públicos é absolutamente normal, pois também está agendado não apenas a obra do viaduto que receberá o nome do ex-governador pernambucano Eduardo Campos, morto em 2014 durante um acidente aéreo, como também as obras da Lagoa. Lá, também foram utilizados recursos da União.

Presidente do PSDB da Paraíba, Ruy Carneiro fez o seguinte questionamento:

“Será que é porque venderam para a população a ideia de que se tratava de uma obra exclusiva do governo do Estado, enquanto a verdade é que o governo federal entrou com 40% dos recursos? Ou porque inventaram que os recursos federais haviam sido suspensos por perseguição do presidente Michel Temer, quando, na verdade, foi por determinação do Tribunal de Contas da União, que detectou sobrepreço? São questões que talvez explique o nervosismo da deputada (Estela Bezerra)”.

Para Ruy, a hostilidade que prega a deputada socialista é uma forma mesquinha de se fazer política e diz que o momento atual não tem mais espaço para esse tipo de prática. E destacou:

“Acho que a deputada (Estela) precisa rever seus conceitos e entender que a vinda do ministro ao Estado é sempre positiva para que ele conheça a realidade local e se sensibilize com a liberação de mais verbas para obras do interesse da população. Nesse aspecto, os interesses partidários devem ser deixados de lado”.

Qual a dificuldade de compreender isso?