Acredite se quiser: Wilson Filho quer Rede Sarah na PB

Muitos prometeram, mas ficaram apenas na promessa de instalação de uma unidade da Rede Sarah na Paraíba. O período de campanha eleitoral é assim mesmo. No entanto, alimentemos a esperança da fala jogada ao ar pelo deputado federal Wilson Santiago Filho. Ele é candidato á sucessão municipal de João Pessoa pelo PTB, é bom lembrar.

Surgiu em meio a partido do “futebol solidário” organizada pelo parlamentar na última sexta-feira (20), com a presença de Romário, Tiririca e Popo, todos políticos e, assim como Santiago Filho, fazem promessas para alcançar os lares dos eleitores. Até os dados WSF trouxe no bolso para mostrar a necessidade de instalação do hospital, a exemplo de 27,7% dos paraibanos possuem algum tipo de deficiência.

Em campanha o político fala o que quer e bem entende. Continue com a leitura nas declarações do candidato a prefeito de João Pessoa nas eleições deste ano:

“Já contamos com um terreno, doado pela Superintendência do Patrimônio Geral da União (SPU) no Estado que reúne todas as condições para abrigar a unidade hospitalar. Agora precisamos de mobilização para que esse sonho se concretize”.

O Rede Sarah, além de Brasília onde tudo começou em abril de 1960, já está instalada em São Luis, Belo Horizonte, Fortaleza, Rio de Janeiro, Macapá e Belém. De qualquer sorte, vamos alimentar a esperança de ver a Paraíba também ser contemplada com tão importante unidade hospitalar.

Por fim, o “pedido de voto” feito pelo deputado-candidato: “Vamos nos unir e juntar forças para que a rede Sarah se instale em nosso Estado. Esta luta é de todos os paraibanos”.

Alguma dúvida?

A promessa veio acompanhada de uma “carta” batizada de “Pelo Sarah na Paraíba”. Então, siga com a leitura:

“A Paraíba precisa de uma unidade do Hospital da Rede Sarah. A população paraibana necessita de serviços especializados para que tenha uma melhor qualidade de vida e não precise se deslocar até outros Estados para receber um tratamento adequado. Acredito que unindo forças e nos mobilizando conseguiremos alcançar o nosso objetivo.
Já contamos com um terreno, doado pela Superintendência do Patrimônio Geral da União (SPU) no Estado que reúne todas as condições para abrigar a unidade hospitalar. Agora precisamos de mobilização para que esse sonho se concretize.
Atualmente 27,7% dos paraibanos possuem algum tipo de deficiência e a instalação do Hospital da rede Sarah seria fundamental para atender, principalmente as pessoas mais carentes que não tem condições de sair do Estado em busca de ajuda. No Nordeste apenas as capitais do Ceará, Fortaleza, e da Bahia, Salvador, possuem uma unidade Sarah.
Além disso, a Paraíba tem 125 casos confirmados de microcefalia e 338 estão sendo investigados. A unidade tem todos os requisitos para o atendimento dessas crianças que precisam de uma atenção especial. Em São Luís, por exemplo, o Sarah vem dando todo o suporte para esse tipo de tratamento, trazendo esperança para as pessoas que acometidas dessa patologia, podendo ter uma melhoria na qualidade de vida, caso tenham o tratamento adequado e recebam os estímulos corretos.
O hospital é um centro de reabilitação que nasceu, na década de 1960, em Brasília, a partir de uma iniciativa de Sarah Kubitschek, esposa do ex-presidente do Brasil Juscelino Kubitschek, que faleceu em 1976. Com um trabalho desenvolvido por profissionais de várias especialidades da saúde que atuam de forma integrada, a rede tem unidades em sete cidades brasileiras, além do Distrito Federal. No Nordeste, está em São Luís, Salvador e Fortaleza.
Vamos nos unir e juntar forças para que a rede Sarah se instale em nosso Estado. Esta luta é de todos os paraibanos!”