Cartaxo: ‘Projeto se esgotou. É sinal que o barco naufragou’

Alheio ao evento da mais nova concorrente nas eleições deste ano, o prefeito Luciano Cartaxo (PSD) posicionou-se de forma tranqüila aos ataques dos adversários, principalmente do então aliado PSB da mais recente campanha eleitoral. A despeito desse sentimento de “desarme” do espírito, Cartaxo evitou falar sobre o lançamento da candidatura de Cida Ramos nesta segunda-feira (2).

“É uma decisão de partido. Candidato não se escolhe, se enfrenta”. A frase mostra um prefeito consciente de que terá pela frente adversários que haverão de enriquecer o debate. “Da minha parte, pretendo discutir projetos para a cidade, sobretudo temas que interessam a população”, destacou.

Ao contrário do que possa parecer, o prefeito não perdeu tempo quando teve a oportunidade de dar uma “alfinetada” no governador Ricardo Coutinho, que afirmou, durante a solenidade de entrega de melhorias de instalações da décima quarta escola do município nesta manhã, que o projeto dos socialista se esgotou na capital.

Cartaxo voltou a comentar sobre a retirada da primeira candidatura do adversário, vendido como a personificação do projeto de legenda, “é sinal que o barco naufragou”.

Para ilustra a declaração acima, o prefeito reiterou: “O governador dizia que João Azevedo era o melhor nome para representar o projeto do PSB. A retirada da candidatura significa que o projeto do partido está esgotado em João Pessoa. O projeto só se viabiliza quando Ricardo Coutinho é o candidato”.