Aclamada, Cida se declara pronta para embate eleitoral

O desejo de retomada do poder municipal de João Pessoa parece ter operado o milagre do estreitamento de inimizades. Vem daí que, ao ser aclamada como candidata do PSB à sucessão na capital nesta segunda-feira (2), Cida Ramos bateu continência para a deputada Estela Bezerra, que chegou a declarar. “Serei uma soldada na sua frente neste combate na luta em direção a Prefeitura”.

João Azevedo, o então candidato à sucessão municipal, desde logo, também proclamou em direção a Cida Ramos: “Conte comigo”. O clima de inimizade mudou o astral da legenda socialista. O governador Ricardo Coutinho, líder maior da tropa socialista, bateu à mesa e ordenou a unidade de todos em torno do novo projeto.

Conforme observado, não houve rivais, muito menos velhos rivais no ambiente desta manhã. Quem foi ou pensou em ser candidato (a) apagou da memória a tentativa de pretensão. Agora, singram os mares revoltos deste ano acomodados numa mesma embarcação. Raciocinam assim: unidos, têm chances de prevalecer. Desunidos, arriscam-se a protagonizar o abraço dos afogados.

Vão para a disputa com Luciano Cartaxo com música de uma nota só: prefeito de uma única obras. “Mesmo assim cheio de problemas”, dizia o governador Ricardo Coutinho a respeito da Lagoa do Parque Sólon de Lucena. Essa foi a linha divisória traçada pelo líder socialista em entrevista após o anuncio do lançamento da candidatura do partido.

Presentes ao evento socialista vários aliados, além de “reconciliados”, muitos dos que festejavam o prefeito Luciano Cartaxo durante a aliança da campanha de 2014, quando estavam juntos e misturados. Eis o mistério da política.