Petistas rejeitam ex-presidente Lula ministro de Dilma

A casa caiu, pois até os próprios petistas estão convictos da derrota da presidente Dilma Rousseff no Senado, durante a rodada de julgamento do pedido de impeachment na “Casa Alta” do Congresso Nacional. Jogaram a tolha na estratégia montada para ver o ex-presidente Lula como ministro da Casa Civil da gestão de Rousseff.

A revista Época noticiou que “o próprio presidente está desconfortável com a situação”. Lula deve ter vibrado, até soltou foguetões, quando o Supremo Tribunal Federal (STF) nesta tarde de quarta-feira (20) adiou o julgamento do pedido da AGU para ele assumir o Ministério.

Lembrando que atualmente a vontade do ex-presidente assumir é zero. Atualmente, nada ele poderia fazer para salvar o governo de Dilma Rousseff, livrá-la do afastamento. Não cabe mais nenhuma ação, ou estratégia. Esgotou tudo quando a Câmara Federal impôs a derrota acachapante do último domingo.

Lula sumiu. Esta mergulhado a espera de um milagre que não deverá vir do Senado, onde o processo de impeachment encontra-se para julgamento nos próximos dias. Na data que o presidente Renan Calheiros (PMDB-AL) desejar.