PMDB escolhe Manoel Júnior para falar pelo N\N

O deputado federal Manoel Júnior (PMDB) ascende a tribuna do parlamento nacional nesta sexta-feira (15), na sessão de preparação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff por crime de responsabilidade. Ele representará o Norte\Nordeste, tendo sido um dos cinco peemedebistas escolhidos a falar por 12 minutos em plenário.

Se juntará as representações de outras regiões do país, a exemplo de Osmar Serraglio, Léo Coimbra, Soraya Santos e Leonardo Picciani, líder da bancada dos peemedebistas.

“A linha do nosso discurso será técnica e política, fazendo uma analise do atual quadro político, da situação econômica e o que motivou o pedido de impeachment”, disse Manoel Júnior antecipando como será o seu pronunciamento durante a manhã de hoje na Câmara Federal.

Disse que irá falar sobre a tese de “golpe” apresentada pelo governo, além da crise ética, moral e a falta de confiança, “essa última a pior de todas e está deixando o Brasil sem credibilidade entre os 50 países do mundo, por causa do forte índice de desemprego”, contou.

“Vou dizer que precisamos dar um salto de qualidade na mudança do governo e que possamos superar esse momento de dificuldade e voltar a normalidade”, ensaiou o parlamentar.

Por alguns instantes Manoel Júnior esquece sua candidatura à sucessão municipal de João Pessoa para pensar no país. “É o dever de todos nós políticos neste momento de grave crise que o país vem passando”, concluiu