Para os incomodados com o prefeito, o remédio é unir-se a ele

Ninguém ainda não percebeu que o prefeito Luciano Cartaxo (PSD) tornou-se um independente político. É duro reconhecer isso neste período da pré-campanha eleitoral. Não tem essa de Cássio Cunha Lima (PSDB) tê-lo levado para o “cheiro do queijo”, como avaliou o deputado Hervázio Bezerra (PSB), líder do governo.

É compreensível que Hervázio pretenda diminuir o tamanho de Cartaxo, Fizeram isso com o hoje governador Ricardo Coutinho (PSB) um dia. Ou seja, não conseguiram e RC reina absoluto no Estado. O mesmo acontece com o prefeito, que João Pessoa aprova sua administração com quase 70% de aceitação.

A saída do Luciano Cartaxo do PT em setembro do ano passado foi uma decisão correta sobre o ponto de vista político-eleitoral. Se redimiu, por exemplo, do apoio que deu a Ricardo na campanha à reeleição do governador em 2014. Mas, enfim, os que estão incomodados com o desempenho do prefeito a única saída é unir-se a ele.