Ricardo Coutinho diz que ‘só me ajoelho ao Nosso Senhor’

O governador Ricardo Coutinho (PSB) negou estremecimento com o Palácio do Planalto por causa da crise de abastecimento de combustível na Paraíba. Deu-se nesta quarta (6), após participação no programa Rádio Verdade, do Sistema Arapuan. Disse que, apesar de apoiar o governo Dilma Rousseff, não é submisso e continuará as devidas melhorias para o Estado. RC tem exposto sua imagem ao defender a gestão petista, inclusive se posicionando de forma dura contra o impeachment.

Coutinho disse durante a entrevista que “não vou romper com Dilma, até porque seria irresponsável culpá-la por algo que ela não sabia. Não sou criança para agir dessa forma”. O governador adiante ter certeza que “o consenso deva prevalecer (…) Não sou submisso a ninguém e só me ajoelho a quem seja maior que todos nós, Nosso Senhor…”.

“[…] Preciso defender os interesse do meu Estado acima de qualquer coisa”, concluiu o governador Ricardo Coutinho.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.