Tovar estaria pedindo passagem para desembarcar no Palácio?

Se ainda não levou, o deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB) pode estar prestes a levar um puxão de orelhas do seu parente e conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Fernando Catão. Sem avisar a ninguém – embora seja independente, também sem ser perguntado, sofreu um surto de parlamentar da base de situação na Assembleia Legislativa. Declarou que nem mesmo o maior governista de carteirinha tinha pronunciado.

Ao repórter Henrique Lima o deputado Tovar defendeu a candidatura do governador Ricardo Coutinho (PSB), de quem se proclama opositor; a presidência da República nas eleições de 2018. “Que venha uma candidatura de Ricardo (Coutinho) e de qualquer paraibano”, disse ele. Pode ter surpreendido, mas partindo de onde veio soa como uma espécie de recado ao Palácio da Redenção, esperando ser recebido de tapete vermelho. Também pode ter sido ironia de um tucano que é contra a criação do TC dos Municípios.

Ou não?

Quem não suportou e rebateu, de imediato, foi o colega de bancada Dinaldinho Wanderley, também tucano como Tovar: “O país está vivendo um novo momento e acredito que é uma piada de mau gosto, até mesmo para o próprio governador que vai se queimar com esta história”.