Ligia Feliciano no TC dos Municípios é de coração para coração

Conforme noticiado aqui a mais de 20 dias, os “Feliciano” que não são bobos estão de olho em uma das vagas de conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), caso venha ser criado pelo governo do Estado. A vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) declarou: “não tenho interesse”. Sustenta que não conversou com Ricardo Coutinho (PSB) acerca do tema e disse “desconhecer” como anda o debate.

É estranhável a falta de “conhecimento” porque a criação de um novo tribunal na Paraíba não sai do noticiário, tendo sido responsável por um violento bate boca entre os deputados Ricardo Barbosa (PSB) e Tovar Correia Lima (PSDB), este último tachado de “deliquente” pelo colega socialista. Será que o Conselho de Ética da Assembleia será chamado a intervir? A de se confirmar.

Mas voltando a Lígia, ela é um nome que está sendo estudado para ocupar uma das sete vagas no TCM, através de uma escolha do governo ou até mesmo da Assembleia. Afinal de contas, vem demonstrando fidelidade ao grupo do governador Ricardo Coutinho desde a campanha passada, quando seu partido a indicou para vice na chapa à reeleição de RC.

Portanto, Lígia está prestes a receber um prêmio pelo gesto de gratidão do governador e seu “aceite” a oferta de ocupar um cargo vitalício está sendo avaliado pela família “Feliciano” como justo.