Ministro Vital do Rêgo ajudou a afundar a presidente Dilma

Ministro do TCU, o ex-senador Vital do Rêgo ajudou a afundar o governo Dilma Rousseff na noite passada, contribuindo com o voto pela rejeição das contas de 2014 durante o resultado por unanimidade do julgamento, que poderá levar a presidente ao impeachment.

Mesmo tendo sido indicada pelo Palácio do Planalto, cujo ato de nomeação foi assinado pela presidente Dilma, o ministro Vital, paraibano, mostrou que não tem rabo preso e contribuiu com a derrota acachapante do governo durante a apreciação das contas, em que as “pedaladas fiscais” atingiram um prejuízo enorme aos cofres públicos e ao país.

A esta altura dos acontecimentos, se arrependimento pudesse ser colocado para fora, a presidente Dilma já deveria ter renunciado ao cargo antes da decisão de ontem, quando, talvez, esperasse, pelo menos, um pedido de vista de Vitalzinho. Se pensou assim cometeu um erro de percurso.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.