Agora é possível entender porque Luciano se filiou ao PSD

Alguém tem dúvidas que o prefeito Luciano Cartaxo está de “alma lavada” quando decidiu abandonar o PT? Obvio que não, porque se assim não procedesse não tinha como defender à reeleição em 2016. Hoje, ao lado do deputado Rômulo Gouveia, LC está entre os protagonistas do PSD, seu novo partido. A propósito da decisão, a pesquisa Opinião\Sistema Arapuan mostra que Cartaxo acertou.

O alerta ao prefeito de João Pessoa parece ter vindo dos céus. É que pouco dias da desfiliação do Partido dos Trabalhadores, a presidenta Dilma teve sua contas rejeitadas pelo TCU, inclusive com o voto do ministro paraibano Vital do Rêgo, o que poderá apressar o impeachment presidencial. Como não tem nada a ver com isso, ou tem, Cartaxo preferiu deixar o partido antes que a “casa caiu” de vez.

Sem nenhum compromisso mais com o petê, em nenhum momento Luciano expõe arrependimento pelo ato de 17 de setembro. Pelo contrário: “Eu sempre lutei pelas boas causas, fazer o bem, fazer o certo. Essa é a minha história com João Pessoa, esse é o meu compromisso com cada um de vocês…”.

“[…] No PSD, continuarei o mesmo, trabalhando por uma cidade mais justa, mais humana e mais feliz”, concluiu o prefeito durante entrevista a TV Arapuan nesta quarta (7).