PSB já tem o nome. Só falta dizer: ‘esse é o cara’

Em entrevista nesta quarta (28), o governador Ricardo Coutinho (PSB) disse que só conversa sobre o pleito municipal de 2016 após a reforma política. A propósito, ele tem sido cauteloso quando instado a falar sobre o assunto eleição municipal, principalmente se o seu partido vai lançar candidatura própria a Prefeitura de João Pessoa.

Sequer deixa uma pista da estratégia socialista para a refrega eleitoral no principal colégio do Estado, onde já foi prefeito por duas ocasiões. Porém, o nome da preferência do governador já está nas mesas de discursos. Abriu-se a guarda durante entrevista do predileto a uma emissora de televisão da capital.

Para quem viu o secretário João Azevedo pronunciar algumas poucas palavras pôde deduzir que está pronto para o embate:

– Isso nunca foi discutido entre mim e o governador. Nunca tratamento desse assunto, pois o foco é a gestão, mas o futuro a Deus pertence.

Nos bastidores da política não se discute outra coisa: Azevedo é o nome que o governador guarda como carta na manga para representar o PSB nas eleições de João Pessoa. Azevedo, claro, mantém com reserva a preferência pelo seu nome. Ele já tem o mais importante, que a filiação partidária na legenda do governador Ricardo Coutinho.

João Azevedo, inclusive já começou a analisar a política. Veja que desenvoltura:

– Desde quando o governador Ricardo Coutinho foi prefeito de João Pessoa, a população entendeu o modo de fazer gestão, entendeu quando elegeu e o reelegeu governador do Estado. É isso que interessa para o partido, mostra que é possível fazer e é isso que o PSB quer mostrar.

Bem, o homem está ou não com o discurso afiado?