Educação de JP: reajuste + pagamento retroativo

Recebidos em audiência nesta quarta (29), os professores da rede municipal de ensino foram surpreendidos pelo prefeito Luciano Cartaxo (PT) durante o encontro. É que, na ocasião, a promessa do reajuste salarial foi cumprida e com um ingrediente a mais: LC anúncio o pagamento retroativo. O objetivo, conforme pontuado no momento da reunião, é ampliar a política de valorização da categoria.

O pagamento do retroativo ocorrerá em três etapas. O percentual referente ao mês de janeiro será pago imediatamente, junto ao salário do mês de abril. Os valores correspondentes aos meses de fevereiro e março serão acrescentados aos vencimentos de maio e junho, respectivamente. Esse foi o acerto.

Outro ponto exposto pelo prefeito da capital se refere ao desconto salarial pelas aulas não ministradas durante a greve. Segundo ele, a reposição das aulas é a condição para o não desconto no salário dos profissionais. Ainda ficou acertado que Prefeitura e Sindicato retomam em agosto as conversas para avaliação da pauta de reivindicação da categoria.

Cartaxo prometeu mais: ele confirmou o envio à Câmara Municipal de João Pessoa de um projeto de lei modificando o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração dos professores. Diz respeito a alteração à licença para doutorado, que hoje é de um ano, podendo ser prorrogado por mais um. A idéia é que seja prorrogado por até dois anos.

Em sua fala, o prefeito disse que “o diálogo e a valorização da educação sempre foram marcas do nosso Governo”. De fato, basta lembrar que as escolas do município se apresentam como de primeira qualidade, também o alto nível das creches instaladas pela atual gestão municipal.

O prefeito disse, ainda, que “hoje recebemos os representantes dos trabalhadores em educação e avançamos em uma pauta que inclui diversas ações de valorização da categoria, como é o caso do pagamento retroativo do reajuste salarial”, concluiu.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.