Deputado denuncia demissões; antes aplaudia

O deputado João Henrique (DEM-foto) usa uma “matéria-prima” para descarregar sua raiva contra o governo do PSB, de quem esteve aliado durante um bom tempo e não percebeu que no período em que tinha livre acesso aos corredores do Palácio pró-tempores foram demitidos. Ele aplaudiu se levado em consideração que, à época, não pronunciou uma só palavra em defesa dos servidores desprotegidos pela lei.

Ao contrário, talvez por causa dos protestos dos professores por melhores salários nesta quinta (23) na Assembleia, o demista João Henrique subiu os degraus da tribuna para denunciar a demissão em massa na educação estadual, segundo ele. A pergunta que se faz é: onde estava o deputado quando os pró-tempores foram demitidos?

Decerto, no Palácio da Redenção aplaudindo o ato governamental. Desta vez afirmou que quase 300 profissionais foram demitidos da educação apenas no Cariri, região onde atua politicamente. Conforme o parlamentar, “funcionários com mais de 25 anos de serviços prestados ao Estado”.

É importante lembrar que o deputado pertence a um partido da base aliada do governo estadual, também ajudou com o seu voto a eleger o candidato do PSB na disputa pela presidência da Mesa Diretora da Assembleia. Portanto, denuncia demissões ainda com o carimbo de governista, em que pese declarar-se como parlamentar de oposição.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.