Favoritismo de Zenóbio não assusta os ‘Paulino’

A despeito de sua candidatura a prefeito de Guarabira, o ex-governador Roberto Paulino (PMDB) disse ao blog que não tem pretensões de concorrer e defendeu um nome do partido que não tem ligações com sua família, “desde que seja filiado ao nosso partido”. Esse lado partidário de Paulino é conhecido, inclusive sempre interfere nas candidaturas majoritárias até mesmo nas decisões estaduais.

Surpreendeu o repórter quando avaliou o cenário para a disputa do próximo ano no município. “A preço de hoje, o favorito é Zenóbio (Toscano, o prefeito atual), mas vou trabalhar para derrotá-lo”. ZT, no entanto, ainda não declarou se é candidato à reeleição.

Apesar de ter apoiado a recondução do governador Ricardo Coutinho no segundo turno das eleições de 2014, Roberto Paulino adiantou que não conta com o apoio do PSB, destacando que “no meio dos girassóis existem apaixonados pela candidatura de Zenóbio”, deixando claro que a relação com os socialistas não é boa na hipótese de uma possível aliança com o PMDB.

Sobre espaços no governo, o ex-governador sustenta que o pemedebê não ocupa posto de direção em Guarabira, mas dois ex-filiados peemedebistas que hoje integram os quadros do PSB é que estão nos cargos de direção no município.

Certo mesmo é que Roberto Paulino está absolutamente tranqüilo, certo de que a disputa do próximo ano será dura, mas confiante na indicação de um nome em condições de vencer o pleito.