Dança das cadeiras: sai Ricardo, entra Mineral

A dança de cadeiras na Assembleia não é só de parlamentares da base do governo. Na oposição, também tem movimentação parecida. O suplente Antônio Mineral (PSDB-foto) já está posicionado para assumir a titularidade do mandato em substituição ao deputado Ricardo Marcelo (PEN), ex-presidente do Legislativo estadual.

De acordo com o Diário do Poder Legislativo, em sua edição desta quinta (5), Ricardo Marcelo confirmou o pedido de licença por um período de 124 dias, sendo três para tratamento de saúde, conforme está escrito, e outros 121 para tratar de assuntos particulares. Mineral compôs a coligação PEN, PSDB, PR, PP e PTB.

Mineral conversou com a imprensa nesta manhã, tendo destacado que “volto ao mandato para dar continuidade ao trabalho em defesa da sociedade e municípios paraibanos”. Ele não conseguiu à reeleição, mas foi deputado titular nas legislaturas passadas.

Instado a falar sobre a postura que irá adotar no plenário da “Casa”, o mais novo integrante da Assembleia garantiu voto nas matérias do interessa da população. “Estou aqui para servir a Paraíba”, concluiu.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.