Raniery na chapa à reeleição obriga PMDB a se reposicionar

Com Raniery Paulino na chapa encabeçada por Ricardo Marcelo (PEN) – candidato à reeleição, o PMDB, obrigatoriamente, terá que se reposicionar na eleição deste domingo (1) da Mesa Diretora da Assembleia. Nos bastidores, a informação, ainda, de um compromisso para que o peemedebista seja o nome apresentado para o segundo biênio da legislatura que se inicia amanhã.

O que significa isso: os deputados Gervásio Maia e Nabor Wanderley, ambos do PMDB e eleitores declarados de Adriano Galdino (PSB) na eleição, terão que se reposicionar. Do contrário, a legenda mergulhará numa crise sem precedente. Rachado, a legenda tem dois parlamentares votando em Ricardo Marcelo – Raniery Paulino e Trócolli Júnior, e os outros citados acima apoiando o socialista.

Bem, o bloco comandado pela candidatura à reeleição parece ter usado a melhor estratégia para vencer o processo de escolha deste domingo, porque junto com os peemedebistas deverão seguir outros parlamentares integrantes do bloco comandado por Galdino.

Ainda assim, o processo segue indefinido e sem prognóstico sobre quem será o vencedor da eleição.

Porém, a participação de Raniery como candidato a vice-presidente de R. Marcelo não deixa de ser uma jogada de mestre.