Pemedebê poderá fechar posição anti-Galdino

O PMDB está “tonto”, pois a candidatura de Raniery Paulino a vice-presidente na chapa à reeleição de Ricardo Marcelo (PEN) obrigou um reposicionamento do partido. No confinamento de parlamentares do bloco de Adriano Galdino (PSB) neste sábado (31), os peemedebistas Gervásio Maia e Nabor Wanderley já teriam deixado o hotel, pois a ordem do pemedebê agora é de formar uma posição anti-Galdino.

Por enquanto, o que tem de novidade é que o partido do senador José Maranhão está dividido, mas inclinado a marchar com à candidatura à reeleição por causa da presença de Raniery na chapa, bem como o compromisso dele ser o candidato no próximo biênio.

É mais confiável.

Pelo menos entre os deputados do PMDB, o partido parece dar de ombros com o expurgo da candidatura de Adriano Galdino e não se trata de noticiário jornalistico. Afinal, a informação traz a assinatura dos peemedebistas Gervásio Maia e Nabor Wanderley. O petista Anísio Maia poderá se juntar a eles.

Anísio declarou recentemente que votaria em Raniery tranquilamente. Portanto, tem a oportunidade e o motivo de sair do “guarda-roupa”.