Rasteira: RC tira Padre do PT e leva para o PSB, seu partido

Como se sabe, o governador Ricardo Coutinho (PSB) quer ver o PT pelas costas. Os petistas também. Tem queixas desse partido desde o dia que quase foi expulso e de lá pra cá planeja destruí-lo, contribuir com a decadência da legenda. Como não tem como fazer lá por cima, então diminui o petê por aqui por baixo, arrancando quadros da legenda.

O que Ricardo mais deseja é ver o PT e os petistas debaixo da sola dos seus sapatos. Ele já começa a montar os planos para a campanha de 2016, tirando o Padre Severino dos Santos Melo dos quadros do Partido dos Trabalhadores, filiando o religioso ao PSB, seu partido.

Tachado de “oportunista” várias vezes na campanha eleitoral deste ano, RC mostra que o adjetivo lhe cai bem. Padre Severino é apontado como favorito a vencer as eleições no Conde. Não agüentando a pressão, já oficializou a desfiliação ao Partido dos Trabalhadores, conforme documento abaixo enviado a Justiça Eleitoral.

O governador Ricardo Coutinho exigiu a saída do Padre Severino do petê. Em troca da filiação dele ao PSB, garantiria total apoio ao mais novo filiado “socialista” na disputa pela prefeitura do Conde. Claro que o Padre topou na hora. O que fica, porém, é a rasteira de RC no PT da presidente Dilma, do prefeito Luciano Cartaxo…

A filiação do mais novo integrante do PSB aconteceu em Alhandra, na 73ª Zona Eleitoral.

padredocumntoi


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.