Casa da Pólvora: A cidade agradece ao prefeito Luciano Cartaxo

Para não esquecer o linguajar futebolístico, o prefeito Luciano Cartaxo (PT) marca um tento importante em sua gestão com a entrega nesta quinta (4) da Casa da Pólvora, depois de totalmente reformada e de cara nova, diga-se de passagem. Aliás, aquele instrumento cultural é um dos principais patrimônios arqueológicos de João Pessoa.

Trata-se de um resgate do valor turístico de um monumento histórico da capital do Estado. Nenhum dos antecessores teve a preocupação de cuidar da Casa da Pólvora, que andou esquecida por algumas décadas. O investimento de R$ 1,3 milhão em sua restauração valeu a pena e a sociedade jamais vai esquecer que é uma obra executada na gestão de um prefeito petista.

Cartaxo comemora o feito de sua administração:  “Essa reforma representa um resgate importante para a memória da cidade. A história da Casa da Pólvora se confunde a do nosso povo”.

Outros patrimônios históricos de João Pessoa estão sendo reformulados e resgatados, a exemplo da Praça da Pedra, já entregue; a Lagoa do Parque Sólon de Lucena e a Praça dos Três Poderes.

O projeto do Centro Cultural e Casa da Pólvora, cujo prédio foi tombado em 1938 pelo Patrimônio Histórico Cultural Nacional, o complexo contará com espaço para um café cultural, um teatro de arena e uma sede administrativa. Também haverá espaço para exposições.