Para amenizar vexame, secretário do governo ameaça ir à Justiça

Em nota, o secretário do governo Ricardo Coutinho (PSB) e ex-prefeito de Sousa, Fábio Tyrane, ameaça processar o responsável por explorar vídeo em que aparece chamando o amigo “Wald” a se incorporar “no time que compra e paga” e continuando com a conversa diz: “lhe espero com Flavinho no quarenta…”.

O vídeo espalhou-se pelas redes sociais e foi parar no noticiário jornalístico do Estado. Nesta quarta (22), ele distribuiu nota ameaçando supostos “algozes”, cujo escrito você pode ler abaixo:

                                                                              * * * 

Venho a público repudiar a exploração política e indevida de recente declaração pessoal que circulou nas redes sociais pela qual acusam-me de insinuar compra de votos nas eleições deste ano.

Gravei informalmente um vídeo durante evento de empresários que têm contratos com a Prefeitura de Sousa, e que em sua totalidade possuem débitos junto à administração municipal referentes a serviços feitos na atual gestão sem previsão alguma de quitação.

Ao ouvir os lamentos desses fornecedores, muitos dos quais que já amargam grandes prejuízos, registrei aquilo que tenho dito nos comícios e outros eventos públicos: em nosso grupo político não há calote. Os compromissos com os fornecedores que vendem produtos e realizam serviços e obras públicas são todos honrados, porque há respeito e controle das finanças públicas.

Foi assim na minha gestão. É assim com o governo Ricardo Coutinho.

Na própria mensagem, me refiro a Wlade, apelido do empresário Wladimir Oliveira, dono da construtora Enprel, que construiu quiosques na cidade após contrato com a atual gestão municipal, e esperou por mais de um ano pelo pagamento.

A Paraíba toda, portanto, deve tomar conhecimento daquilo que Sousa já sabe: a atual gestão municipal, diferentemente do tempo em que respondi pela prefeitura, não paga aquilo que compra.

Portanto, lamento que o desespero de nossos adversários esteja provocando todo tipo de atitude com intuito de comprometer a legalidade adotada pela campanha do governador Ricardo Coutinho. Afirmo que irei tomar todas providências judiciais cabíveis para punir aqueles que explorarem equivocadamente minhas declarações, imputando-me ilações que não fiz.

O tempo de dar um basta no atraso chegou! E a Paraíba vai seguir em frente, apesar daqueles que torcem pelo contrário.”

Fábio Tyrone

Ex-prefeito de Sousa e Chefe de Governo