AÇÕES DE VITAL EM BENEFÍCIO DE Sousa somam mais de R$ 25 milhões

O senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) elencou nesta sexta-feira (20) as ações de seu mandato em favor da cidade de Sousa. Ao ser perguntado por jornalistas sobre o que já conseguiu de benefícios pra a cidade, ele detalhou todas as iniciativas. O levantamento mostra que Vital já conseguiu para a cidade cerca de R$ 25 milhões em obras e ações.

Os dados estão contidos no AAP – Aplicativo de Atuação Parlamentar, que é alimentado por dados dos diversos órgãos do Governo Federal e pode ser acessado no próprio site do senador (www.senadorvital.com.br). Ao todo, de emendas parlamentares, recursos extra-orçamentários, indicações e solicitações diretas, a ação do senador Vital para Sousa já soma R$ 24.546.198,92.

Nestes dados não estão computadas as indicações feitas pelo Senador Vital para o Plano Plurianual – PPA, dentre elas, a indicação de recursos via emendas parlamentares para a modernização do Aeroporto de Sousa. Os dados mostram que Vital é o parlamentar que mais trabalhou para a cidade. Dentre as ações elencadas estão:

– Academias de Saúde – (Fundo Nacional de Saúde) – Emenda Parlamentar nº 28960016/2013, no valor de R$ 300 mil;

– Investimento de R$ 3,5 milhões no Perímetro Irrigado de São Gonçalo, através do Ministério da Integração Nacional;

– Investimento de R$ 250 mil no Perímetro Irrigado de São Gonçalo, através do Ministério da Integração Nacional;

– Ampliação de três Unidades Básicas de Saúde, reforma de outras três Unidades Básicas de Saúde e construção de mais cinco Unidades Básicas de Saúde, com verba do Fundo Nacional de Saúde no valor de R$ 2.594.867,42;

– Indicação da cidade de Sousa para a implantação de Projetos de Irrigação – Perímetro Irrigado de São Gonçalo, no valor de R$ 500 mil;

– Liberação de recursos para a Construção de Unidades de Educação Infantil, no valor de R$ 289.987,85;

– Investimento de R$ 500 mil no Perímetro Irrigado de São Gonçalo;

– Aquisição de notebooks para professores da cidade, com recursos do Fundo Nacional de Educação – FNDE, no valor de R$ 100 mil;

– Verba junto ao Ministério da Saúde para manutenção e aparelhagem da Unidade Básica de Saúde da Família Alto do Cruzeiro, equipe I, no valor de R$ 184.191,87;

– Verba junto ao Ministério da Saúde para manutenção e aparelhagem da Unidade Básica de Saúde da Família Malhada da Pedra, equipe XIX, no valor de R$ 87.943,28;

– Verba junto ao Ministério da Saúde para manutenção e aparelhagem da Unidade Básica de Saúde da Família Jardim Sorrilandia I, equipe IV, no valor de R$ 88.476,54;

– Verba junto ao Ministério da Saúde para manutenção e aparelhagem da Unidade Básica de Saúde da Família São José, equipe XVIII, no valor de R$ 119.000,61;

– Verba junto ao Ministério da Saúde para manutenção e aparelhagem da Unidade Básica de Saúde da Família André Gadelha, equipe XXI, no valor de R$ 75.647,59;

– Verba junto ao Ministério da Saúde para manutenção e aparelhagem da Unidade Básica de Saúde da Família Ciganos, equipe XXIV, no valor de R$ 215.409,35;

– Verba junto ao Ministério da Saúde para manutenção e aparelhagem da Unidade Básica de Saúde da Família Guanabara, equipe XII, no valor de R$ 105.000,84;

– Verba junto ao Ministério da Saúde para manutenção e aparelhagem da Unidade Básica de Saúde da Família Jardim Brasília, equipe III; no valor de R$ 104.601,05;

– Verba junto ao Ministério da Saúde para manutenção e aparelhagem da Unidade Básica de Saúde da Família Várzea da Cruz, no valor de R$ 97.558,14;

– Verba junto ao Ministério da Saúde para manutenção e aparelhagem da Unidade Básica de Saúde da Família Mutirão Projeto Mariz, equipe II, no valor de R$ 105.688,53;

– Verba junto ao Ministério da Saúde para manutenção e aparelhagem da Unidade Básica de Saúde da Família Estação Equipe VI, no valor de R$ 82.825,85;

– Aquisição de uma ambulância para a cidade, em 2011, junto ao Ministério da Saúde;

– Centro Vocacional Tecnológico, junto ao Ministério de Ciência e Tecnologia, no valor de R$ 12,5 milhões;

– Cobrou do Governo do Estado providências para minimizar a falta de água no município, em 2011;

– Pensando na melhoria da aviação regional, propôs uma emenda ao Plano Plurianual – PPA para que sejam aplicados R$ 500 milhões na adequação da infraestrutura dos aeroportos de Patos, Sousa, Cajazeiras, Campina Grande e Castro Pinto (Bayeux). A emenda visa à melhoria tecnológica;

– Solicitou ao Ministro do Esporte a implantação do Programa 2º Tempo no município;

– Implantação e modernização de infraestrutura para esporte recreativo e de lazer no município, em 2011, no valor de R$ 245 mil;

– Apresentou emendas aos créditos orçamentários para modernização do aeroporto da cidade, no valor de R$ 2,5 milhões;

– Construção de quatro creches – dentro da segunda etapa do Plano de Aceleração do Crescimento – PAC II;

– Instalação de academia do Programa ‘Academia da Saúde’ na cidade.

 


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.