PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA DIZ que ‘foi uma vitória da Paraíba’

Copa tem. No entanto, o presidente da Assembleia, Ricardo Marcelo (PEN), preferiu acompanhar a transmissão pela TV Justiça o julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF), que julgou nesta quarta (18) inconstitucional a redução do número de parlamentares na Câmara e nas assembléias. Uma vitória comemorada por RM, que demonstrava confiança no resultado positivo.

Como se sabe, através de uma iniciativa de Ricardo Marcelo, é que uma das ADIN que desembarcaram no STF defendia a manutenção dos 36 deputados estaduais, também dos parlamentares federais. “Estamos contentes com a decisão, pois a medida prejudicaria o nosso Estado”, disse.

Sem dúvida e, segundo o presidente do Legislativo paraibano, “diminuiria a representatividade da Paraíba na Assembleia e Câmara Federal, além da perda de recursos por meio das emendas parlamentares”. Como se vê, a defesa de Ricardo Marcelo foi preservar os direitos do Estado.

O procurador-geral da Assembleia, Abelardo Jurema Neto, disse que estava confiante. “Sabíamos que haveria votos contrários, já que alguns ministros tinham se manifestado no TSE sobre a matéria, mas confiávamos na pujança do nosso direito”.