PRAZO ENCERRANDO E RÔMULO não abre mão de disputar o Senado

Em meio a um cabo de guerra com o governador Ricardo Coutinho (PSB), o vice Rômulo Gouveia, também presidente estadual do PSD, quer se candidatar ao Senado nas eleições deste ano. RC sinaliza com um “não”, pois avalia que para ter voto em Campina Grande precisa tê-lo na chapa não como senador e, sim, ocupando a vaga de vice.

Rômulo silencia sobre as articulações de bastidores. Prefere sair do grupo a submeter a uma situação de constrangimento, já que trabalha para disputar o Senado e não concorrer à reeleição na chapa da candidatura reeleitoral do governador Ricardo.

A vereadora Raissa Lacerda é dissidente do PSD e avalia que “se o que foi prometido não for cumprido, eu acho que Rômulo volta para o lado do pré-candidato Cássio Cunha Lima e vai ser muito bem recebido por todos que aqui estão”, disse ela se referindo ao grupo político que integra.

O prazo estabelecido por Rômulo está se encerrando e ele quer uma definição para dar um novo rumo ao seu projeto político.

Bom lembrar: Rômulo tem o aval do presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, para tomar a decisão que lhe convier.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.