UMA MULHER, DE CAMPINA, OPÇÃO para vice na chapa dos girassóis

Em Campina Grande, ninguém quer se associar à candidatura reeleitoral do governador Ricardo Coutinho (PSB). Ou quase ninguém. Aconteceu na eleição municipal de 2012. O então candidato Romero Rodrigues (PSDB), eleito prefeito do segundo maior colégio eleitoral do Estado, rejeitou a presença de RC em seu palanque. Representava perda de voto.

Mas o minúsculo PRP lançou-se ao desafio e declarou voto no governador. Deu-se através da presidente do partido local, Maria da Luz (foto). Ao tomar a decisão, pode ter seu nome apresentado como opção para vice na chapa majoritária à reeleição, já que a intenção é encontrar alguém de Campina Grande a assumir essa condição.

Disse que a decisão foi tomada pelos filiados da legenda em todo o Estado, justificando, ainda, que teve como base o bom trabalho desenvolvido pela gestão “socialista”.

“Como Ricardo desenvolve um trabalho muito bom, então nosso presidente nacional vai autorizar essa aliança, cuja aceitação é grande”, afirmou em entrevista a uma emissora rádio local.

Com essa declaração, Da Luz surge como uma alternativa para vice. Primeiro, porque é mulher; segundo por ser de Campina Grande e, por último, um nome representativo para substituir o atual ocupante do posto Rômulo Gouveia (PSD), que disputará o Senado. Pelo menos é o que está sendo colocado.

Um alivio para a onda de pessimismo que vem tomando conta do terreno dos girassóis.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.