PT DESMENTE SECRETÁRIO QUE admitiu aliança de petistas e tucanos

O PT paraibano é, de fato, um partido como outro qualquer e parte do princípio que seus integrantes não falam a mesma “língua”. Uns jogam no asfalto que o acordo com o PMDB está fechado, enquanto outros saem admitindo uma aliança com o PSDB para as eleições de outubro. Finalmente, o que pretende o petê de Luciano Cartaxo, de Charliton Machado, de Anísio Maia, de Frei Anastácio, de Luiz Couto, de Lucius Fabiani…? Enfim, aonde pretende chegar o Partido dos Trabalhadores com as informações desencontradas?

Toma-se por base o que declarou nesta quinta (8), o secretário de Articulação do Município, Lucius Fabiani, que reconhece a resolução da cúpula nacional do PT proibindo aliança com o PSDB, Dem e PPS. No entanto, admitiu: “Tudo é possível nesta política dinâmica paraibana”.

Ao tomar conhecimento das declarações do filiado, o presidente estadual Charliton Machado comentou ser “improvável” e “inaceitável” aliança com os tucanos. “Nem se o ex-presidente Lula quisesse, ele mudaria uma deliberação adotada no V Congresso Nacional”, afirmou.

Segundo o dirigente petista, “aqui na Paraíba, o Encontro Estadual também decidiu que PSDB e PSB são nossos adversários em âmbito nacional e regional”. Adiantou que neste sentido “não há qualquer janela para diálogo com os pré-candidatos Cássio e Ricardo, responsáveis pela estagnação econômica e social do Estado”.

Parece mais um jogo de vaidade.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.