A vaga é do PT, por Lena Guimarães

peemedebepete

Vai abaixo artigo da jornalista Lena Guimarães, cujo brilha está nas edições do jornal Correio da Paraíba. A deste domingo (4) permite entender como o PT vai ocupar a vaga na chapa majoritária encabeçada pelo PMDB do pré-candidato Veneziano Vital do Rêgo:

“Antes de ir para o 14º Encontro Nacional do PT, realizado em São Paulo, o presidente estadual, Charliton Machado já considerava a presença do partido na chapa majoritária da aliança com o PMDB como condição fundamental para a participação da militância nas eleições de 2014.

É claro que o tempo de propaganda eleitoral do PT, o maior de todos os partidos (17,15% do total de horário gratuito) já seria suficiente para torná-lo parceiro muito cobiçado, mas a militância tem mostrado ter força para fazer a diferença em qualquer eleição, atuando tanto no corpo a corpo como nas redes sociais com argumentos que só os politizados têm.

O PT tem 30 mil filiados na Paraíba, e ao contrário dos que estão abrigados em legendas mais conservadoras, formam um exército que não fica no sofá e nem vê a história passar pela janela, seja a da televisão ou a física, de suas casas. São participantes ativos, que defendem idéias com convicção invejável.

A grande maioria dos partidos precisa pagar porta-bandeiras para garantir suas cores nas ruas. É comum nas campanhas grupos de moças e rapazes em cruzamentos movimentados, apresentando os símbolos de partidos ou candidatos, com semblantes enfastiados. É um ganha-pão, não uma paixão. O contraste fica muito evidente quando estão em ação as alas jovens dessas agremiações, que com ousadia, alegria e criatividade, tentam atrair eleitores para suas causas.

A diferença da militância do PT para esse grupo de jovens é o número (muito maior), a regularidade e compromisso. E é para isso que aponta Charlinton Machado, que retorna de São Paulo com o sentimento de construir com o PMDB uma chapa majoritária de consenso, com um nome do PT e que contemple também partidos aliados que podem somar para esse palanque, que será o da presidente Dilma Rousseff na Paraíba”.

O pré-candidato a governador da aliança, Veneziano Vital do Rêgo não ignora o valor do PT vai além do tempo da propaganda ou do conceito de partido com o mérito de ter resgatado a classe média brasileira. A dificuldade está no nome, uma vez que os mais cacifados eleitoralmente no PT são candidato à Assembleia e Câmara dos Deputados. E a competitividade dessa eleição exige nomes com esse predicado. Como o encontro petista é dia 10, têm mais seis dias para descobrirem ao candidato ideal.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.