REFÉM DO DEPUTADO LUIZ COUTO, PT não sabe o que fazer com ele

O PT não sabe como conduzir o “Caso Luiz Couto”, dissidente do passado, presente e futuro. O religioso pinta e borda com o partido e ninguém reage, ninguém faz nada e tudo fica por isso mesmo. O prefeito Luciano Cartaxo até jogou a toalha, quando expôs seu ponto de vista, anotando que se trata de um “caso perdido”.

O presidente estadual do Partido dos Trabalhadores, Charlinton Machado, disse algo que não é novo quando se refere ao deputado federal Luiz Couto: “O PT não aceitará dissidentes”. Mas isso já vem sendo pronunciado desde há bastante tempo. Couto tornou público sua indiferença com o petê, através de uma nota. Algo assim: “Esqueçam de mim!”

Os petistas estão deixando a corda esticar além da conta. O deputado Couto hoje está atrelado ao PSB. Ou seja, é contra o PT aqui, é contra também o PT de lá de cima. Esta mais pra votar em Eduardo Campos do que na reeleição da presidente Dilma Rousseff.

Por isso, qualquer decisão do PT daqui, o PT de lá de cima vai endossar. Então, o partido está perdendo tempo com quem sempre foi dissidente.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.