‘CÁSSIO APENAS FEZ FESTA COM chapéu alheio’, ironiza ‘socialista’

Quer ver o PSB irritado é só o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) abrir à boca, a exemplo do que aconteceu nesta quinta (1º), quando o tucano escreveu no twitter que o governador “socialista” Ricardo Coutinho comemorou o Dia do Trabalhador com demissões de prestadores de serviços. A assessoria do partido encaminhou a resposta ao tucano para as redações de alguns portais, excluindo outros, entre eles o signatário do blog.

De qualquer forma buscamos a informação e passamos a noticiar trechos da fala do presidente do PSB de João Pessoa, Ronaldo Barbosa (foto), que foi escalado para rebater as críticas do senador Cássio. Leia abaixo:

“Será que o senador imagina que o povo da Paraíba não tem poder de discernimento? Todo mundo sabe que Ricardo apenas substituiu servidores que não eram mais de sua confiança por pessoas em que ele confia e que acreditam no projeto que está revolucionando o nosso Estado […]. Acho que o senador está mais é com dor de cotovelo, por ter tido a oportunidade de ter feito as transformações que a Paraíba necessitava e não fez…”.

“… Só falta agora o senador dizer que fez diferente quando governou a Paraíba por dois mandatos […]. Indicar pessoas para ocupar os cargos comissionados é uma prerrogativa de qualquer governante…”.

“… A Paraíba não há de esquecer que foi na gestão do PSDB que o servidor estadual precisou fazer empréstimo bancário para poder receber seu salário […]. A Paraíba também não há de esquecer que foi no governo de Cássio que o policial militar era obrigado a empurrar a viatura que trabalhava porque não havia combustível […]. O senador pode até esquecer, mas, certamente, os servidores públicos jamais esquecerão…”.

“… Foi a partir do governo de Ricardo que o servidor do Estado passou a dispor de uma data base definida em lei, que garante a ele um reajuste anual em seus vencimentos […]. Foi na gestão do PSB que o servidor ganhou um restaurante especifico para ele, que serve diariamente refeições de boa qualidade e preço acessível…”.

“… Ricardo democratizou o acesso das pessoas ao serviço público […]. Em apenas três anos, foram mais de 10 mil servidores contratados via concurso público […]. Agora mesmo, serão mais de 600 para a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros […]. Isso sim se chama respeito ao servidor público”.

Agora sobre o Plano de Cargos e Carreira, Ronaldo Barbosa assim se expressou:

“Ele apenas fez festa com o chapéu alheio, afinal, toda a Paraíba se recorda como se deu esse processo…”.

“… Quando teve certeza de sua cassação pela Justiça Eleitoral, ele reuniu sua bancada na Assembleia e, num único dia, aprovou dezenas de planos de cargos […] Fez isso porque sabia que não iria continuar mais à frente do governo, ou seja, aprovou um pacote de bondades para deixar para outro pagar”.

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.