PPS RECLAMAVA DE FALTA DE prestígio, mas hoje está rindo à toa

O PPS pode reclamar de tudo, menos da falta de prestígio no governo municipal de João Pessoa. Agora, não. Antes sim, porque tinha perdido a Secretaria de Infraestrutura por causa da exoneração de Ronaldo Guerra. Nesta recente reforma administrativa feita pelo prefeito Luciano Cartaxo o partido foi contemplado com a indicação do vereador Marco Antônio Queiroga, no líder da base de sustentação do governo e, ainda, com a convocação do também vereador Bruno Farias, que assume a Secretaria de Turismo.

Ou seja, tem que está rindo à toa mesmo. Mostra que os compromissos assumidos com o partido do vice-prefeito Nonato Bandeira estão de pé. Como o PPS vai atuar politicamente nas eleições deste ano é que ninguém tem conhecimento. Como se sabe, a legenda apóia a pré-candidatura do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) ao governo do Estado.

Por outro lado, o partido do prefeito Luciano Cartaxo deverá seguir em posição oposta com a pré-candidatura do PMDB de Veneziano Vital. Como estamos tratando de prestígio de um grupo político, com a reforma de ontem o PPS saiu no lucro. De quebra, ganhou um suplente Eduardo Carneiro. Ele assume a vaga deixada por Bruno, mais novo titular do turismo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.