OPOSIÇÃO DESAFIA GOVERNO A desconstruir as ‘irregularidades’

O governo está numa missão das mais difíceis, um desafio lançado ao meio-fio nesta quarta (26), durante entrevista televisiva, pelo deputado estadual Gervásio Maia (PMDB-foto). Qual seja: desconstruir o relatório do Ministério Público, dos auditores e do conselheiro Umberto Porto acerca da prestação de contas aprovadas pelo TCE com ressalva.

“Podemos até votar a favor, a exemplo do que fizemos com a prestação de contas do governo Cássio Cunha Lima, que já estava cassada à época e demos um aval favorável à gestão do então governador (…). Porém, o governo de hoje precisa desconstruir aqueles itens que o Tribunal de Contas e toda sua estrutura se referem como irregulares”, justificou.

Perguntou o repórter: Quer dizer, que feito isso a oposição vota a favor das contas do governo Ricardo Coutinho?

“Sem dúvida alguma. Mas acho que o governador age de forma errada, quando provoca o assunto sem que tenha sido perguntado e faz no sentido de pressionar os deputados. Mas vamos ver quais as justificativas para os itens que o Tribunal de Contas atesta como irregulares”, ressaltou.

A prestação de contas em questão é do exercício financeiro de 2011, primeiro ano do governo Ricardo. Os conselheiros do TCE aprovaram a matéria. No entanto, sob protesto do conselheiro-relator Umberto Porto, Ministério Público de Contas e auditores.

O julgamento caberá a Assembleia, que é soberana e decidirá se “condena” ou “absolve” o réu chamado governo do Estado.

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.