NA TV, SANTIAGO DEIXA ESCAPAR que vai formar na chapa do PSDB

O ex-senador Wilson Santiago, também presidente estadual do PTB, deu uma volta no mundo para dizer que poderá ocupar a vaga para o Senado na chapa a ser encabeçada pelo tucano Cássio Cunha Lima, pretenso candidato a governador do Estado. Deu-se nesta sexta (21) durante a passagem dele pelo estúdio do programa “Bastidores”, comandado por Padre Albenir Galdino.

Santiago até opinou sobre a situação jurídica do senador do PSDB, afirmando que “tenho dito que sim”, quando instado a comentar se Cássio pode ser candidato nas eleições deste ano. Ele complementou o raciocínio destacando que “o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) tem julgado casos semelhantes que ratifica a elegibilidade do ex-governador…”.

“… Particularmente, não tenho nenhuma dúvida (…). A propósito, o TSE tem abrandado a rigidez da Lei da Ficha Limpa”, comentou.

Previu que impugnação deverá existir no momento do registro da candidatura, “mas caberá à Justiça o julgamento”.

Despistou no momento em que informou os entendimentos mantidos com as pré-candidaturas, também as conversas com os filiados e militância do partido para uma decisão conjunta. “Ainda faltam três meses para o inicio da campanha; dá tempo para articular uma candidatura de governador”.

Passou boa parte da entrevista transferindo para junho a decisão do palanque que o PTB vai estar no pleito de outubro. No entanto, disse que “em abril poderemos anunciar o nosso posicionamento”. Segundo Santiago, “afinal de contas faltam os candidatos (pré) oficializarem suas pretensões”.

Descartou aceitar ser candidato a vice na chapa encabeçada pelo governador reeleitoral Ricardo Coutinho (PSB). “Nossa pretensão é concorrer ao Senado da República e lutaremos por isso até os 45 minutos do segundo tempo”.

Wilson esconde que a decisão já está tomada, pois sabe que só terá chance de vitória numa chapa que se desenha vitoriosa.

Ex-peemedebista, o ex-senador Wilson Santiago é movido por pesquisas.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.