DEPUTADA DO PSB TAMBÉM VAI desembarcar da base do governo

Conforme previsto aqui, a deputada Léa Toscano (PSB-foto) não pertence mais a bancada do governo. Mulher do prefeito Zenóbio Toscano, de Guarabira, também secretário-geral do PSDB, era natural que seguisse o rumo contrário a da candidatura reeleitoral do governador Ricardo Coutinho. Ela deverá anunciar do alto da tribuna da Assembleia o desligamento e, consequentemente, apoio a postulação do senador Cássio Cunha Lima.

Dos atuais 36 parlamentares, Léa é a terceira a abandonar a base governista e partindo para outro projeto nas eleições de outubro. O deputado Carlos Dunga (PTB) foi o primeiro a sair, inclusive colocando o cargo do filho à disposição do governo. Depois, a deputada Iraê Lucena (PSDB), que justificou assim sua decisão: “Todo partido precisa lançar candidato ao governo”.

Como o blog antecipou, a formação da bancada cassista na “Casa” legislativa ocorrerá de forma “homeopática”. Cada dia um personagem diferente, até fechar o número entre 12 e 14 parlamentares a integrar o novo grupo político no colegiado da Assembleia. Os parlamentares que estão de saída pretendem aproveitar o recado dado pelo governador: “Não basta continuar na base do governo, mas também terá que estar junto na caminhada pela reeleição”.

Os “Torcanos” já começaram a sentir o peso da caneta do Palácio da Redenção. O prefeito Zenóbio jogou ao meio-fio, durante entrevista a uma emissora de rádio, que não recebeu ainda uma ambulância prometida pelo governo ao município. “Parece que sumiu do nada!”.

Então, fui!


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.