SECRETÁRIA DE FINANÇAS DEVE antecipar saída por causa da crise

EXCLUSIVA – De saída da Secretaria das Finanças do Estado, Aracilba Rocha deixa para seu substituto um “problemão”, que vai exigir a mesma “ginástica” com que assumiu a Pasta no início do governo Ricardo Coutinho em janeiro de 2011. “Mão fechada”, ela desagradou a grande maioria dos colegas auxiliares do Palácio da Redenção, principalmente quando era chamada a dizer “não” nos pedidos para abrir o cofre do tesouro estadual.

Isso ocorreu, principalmente, com o “super-secretário” Ricardo Barbosa – também pré-candidato a deputado pelo PSB –, que comanda a Suplan e o PAC/Paraíba e a ex-secretária de Comunicação, Estelizabel Bezerra.

Ao signatário do blog chegou a informação que Aracilba vai deixar o cargo antes de abril, prazo fatal para desincompatibilização para o servidor público que irá disputar as eleições deixar o posto. Pois bem, rumores indicam que ela estaria arrumando as gavetas do seu gabinete para desembarcar da função e dá inicio o trabalho de campanha em suas pretensões de concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa do Estado.

Filiada ao PSL do deputado governista Tião Gomes, a ainda secretaria Aracilba Rocha, segundo informações, deverá desembarcar do cargo em março. Não é oficial, pois o chefe do Executivo da Paraíba conta com sua permanência por mais alguns dias.

Antes que alguém pense o contrário, Aracilba deixa as Finanças do Estado, mas não tem nada a ver com o rompimento da aliança do senador Cássio Cunha Lima, provável candidato ao Palácio da Redenção; com o governador Ricardo Coutinho.

Ou tem?

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.