TROCÓLLI JÁ COGITA DIALOGAR com tucanos após iminente ruptura

A oposição começou a trabalhar com a hipótese de união de todos os partidos para liquidar as eleições à sucessão governamental já no primeiro turno, inclusive com a hipótese da participação do PSDB do senador Cássio Cunha Lima, caso oficialize o afastamento do governador Ricardo Coutinho (PSB). A tese é defendida pelo deputado estadual Trocólli Junior, do PMDB.

“Quando acontecer o afastamento definitivo do senador Cássio do governador, eu vou propor um diálogo com ele para juntarmos as oposições, transformando num grupo só para liquidar a fatura das eleições no primeiro turno”, comentou o deputado peemedebista.

Para Trocólli, “os fatos convergem para um entendimento amplo, incluindo os partidos que formam o ‘blocão’ – PT, PP e PSC – e o PSDB do senador Cássio, quando ele anunciar o afastamento do governo…”.

“… Ou alguém tem dúvidas que PMDB e PSDB cabem no mesmo palanque? O governador que aí está tirou proveito dessa briga para ocupar a cadeira de governador, mas a sociedade quer a oposição unida para desespero do PSB”, complementou.

A coisa caminha para um palanque único. Ou alguém tem alguma dúvida?

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.