Veneziano admite conversar com Cássio sobre possível composição

Candidato a governador pelo PMDB, Veneziano Vital do Rego aprovou a tese de diálogo com o PSDB do senador Cássio Cunha Lima. Sinalizou com uma conversa, admitindo abrir a vaga de vice ou senador na chapa à sucessão governamental de 2014. Mas impôs a união na hipótese do tucano ir para a oposição do governo do PSB e o seu partido ficar com a cabeça de chapa na corrida ao Palácio da Redenção.

Em entrevista ao irrequieto repórter Fernando Braz, o candidato peemedebista disse que “se Cássio se dispuser a ser candidato de oposição, aí sim o PSDB passa a ter a oportunidade de conversar conosco, mas com o PMDB a frente da chapa majoritária”.

O deputado estadual Trócolli Júnior (PMDB) foi quem primeiro defendeu a tese de aproximação com o senador Cássio Cunha Lima, de quem recebeu a expressão de “embaixador do diálogo”. Veneziano ponderou as declarações de Trócolli, “um defensor ardoroso de nossa candidatura”, afirmou.

Ainda sobre as declarações do parlamentar, Veneziano comentou: “não vamos interpretar dubiamente, a postura do PMDB é de continuar com sua candidatura, se outros partidos de oposição quiserem conversar conosco não tem problema nenhum, até porque existem duas vagas majoritárias, a de vice e senador para que ampliemos essa composição, mas o PMDB tem a candidatura ao governo do Estado, foi isso o que Trócolli disse e é isso o que todos os companheiros do partido têm falado”, concluiu.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.