Vereador diz que não consegue falar com Cartaxo nem por mensagem

Muito estranho a postura adotada pelo prefeito Luciano Cartaxo (PT) no começo do segundo ano do seu mandato. Os vereadores da base aliada reclamam que não tem conversado com ele. “Nem mesmo por mensagem”, queixou-se o vereador Helton Renê (PDT). O parlamentar está a pelo menos três meses sem trocar idéia com o gestor pessoense.

Garante que não é para pedir emprego. Conforme declarações do prefeito, “a prefeitura tem limites”. Ele pronunciou depois da ameaça de rompimento dos vereadores da bancada do Solidariedade, que pretendem ocupar mais espaços na administração municipal. Helton Renê diz que está a três meses tentando uma audiência com o petista.

Disse que não vai romper, assim como fez o vereador Raoni Mendes (PDT), mas considera “falta de prestígio” não conseguir uma audiência com o prefeito, em que pese pertencer a base do governo municipal.

Há quem diga que outros vereadores têm manifestado insatisfação, inclusive o presidente da Câmara Municipal, Durval Ferreira (PP), que só não aderiu ainda ao bloco do governador Ricardo Coutinho (PSB) porque aguarda o anuncio sobre a candidatura do senador Cássio Cunha Lima (PSDB).

A coisa está feia.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.