Tinha que ter um ‘bombeiro’, mas governador põe gasolina na fogueira

Um “bombeiro” chamado Gustavo Nogueira – secretário estadual de Planejamento – acertou com a Comissão de Orçamento da Assembleia a votação da LOA para o dia 22. Bastou uma conversa simples com os deputados de oposição, algo que o governador Ricardo Coutinho (PSB) se recusa a fazer há três anos.

No mesmo instante o governador Ricardo, em entrevista, tachou os deputados de “meninos buchudos”. Usou sua artilharia em cima do presidente da Assembleia, Ricardo Marcelo (PEN). “Trata-se de uma minoria que fica encastelada na presidência da Assembleia”.

Ninguém sabe, mas pode não estar valendo mais nada a visita e o acordo fechado pelo secretário Gustavo Nogueira, que resta apenas pedir desculpas aos parlamentares, pois empenhou sua palavra que o silêncio iria predominar até a votação da Lei Orçamentária Anual.

“Parece brincadeira de menino buchudo…”, proclamou o governador Ricardo Coutinho. Até o fechamento da matéria nenhum deputado de oposição havia se pronunciado sobre as declarações do chefe do Executivo paraibano.

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.