Vice-governador da Paraíba afirma que ‘recuar é um gesto de covardia’

Presidente estadual do PSD – partido com mais de dois minutos de tempo de televisão -, o vice-governador Rômulo Gouveia reiterou sua pré-candidatura a vaga de senador na disputa de 2014. Não se chapa à reeleição ou que poderá ser formada pelo PSDB, na hipótese do senador tucano Cássio Cunha Lima decidir candidatar-se ao governo no ano que vem.

“Não falo sob hipótese, ainda mais num momento em que só discutimos a administração, em que pese restar onze dias para o ano das eleições estaduais”, destacou Gouveia.

Num instante em que o governo recua acerca do caso dos Defensores Públicos, que tiveram recursos do orçamento do órgão retirados pelo Executivo estadual, Rômulo pronunciou uma frase enigmática durante entrevista televisiva desta sexta (20): “Recuo é gesto de covardia”.

Pronunciou quando instado a falar sobre seu projeto político para 2014. “Não tenho mais como recuar de minha pré-candidatura ao Senado”, garantiu ao mesmo tempo em que reiterou que “desse assunto tratamos no próximo ano.

Entre o governador Ricardo e o senador Cássio com quem ficaria se fosse decidir hoje, o presidente do PSD adiantou apenas que “trabalho pela manutenção da aliança dessas duas forças da política paraibana”.

Uma coisa o vice-governador deixou transparecer que está mais pra lá, parecendo decidido a ficar ao lado do povo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.