Quebra de compromisso e mentiras levarão o PSDB avaliar aliança

O PSDB não vê à hora de romper o cordão umbilical da aliança com os “socialistas”. Mas está próximo, muito próximo acontecer. O senador Cícero Lucena anunciou que os tucanos se reúnem agora em janeiro para avaliar a aliança “mal sucedida” com o PSB do governador Ricardo Coutinho.

“Foi uma aliança que não deu certo, porque os compromissos de campanha assumidos com o PSDB pelo governador (Ricardo Coutinho) não foram cumpridos. Não passou do guia eleitoral da campanha de 2010…”.

“… Se não vejamos: o governador disse que acabaria com a violência na Paraíba em seis meses de governo. Malogrou (…). Prometeu a construção de uma maternidade em cada município da Paraíba. Não fez…”.

“… Interrompeu a autonomia da UEPB, patrimônio de Campina Grande. Os Planos de Cargos, Carreira e Salário dos servidores públicos sucumbiram”, disse o senador Cícero Lucena, que costuma afirmar que sua prioridade é a candidatura de Cássio – governador.

Foram compromissos assumidos pelo governador com o Partido Social da Democracia Brasileira que não foram cumpridos. “Assim, não temos como manter essa aliança”. Cícero previu que o rompimento está próximo de ser proclamado.

Admitiu a possibilidade de discutir a vaga de senador na chapa majoritária a ser encabeçada por Cássio. “Entre a minha candidatura e a de Cássio, prefiro debater a de Cássio”, disse admitindo que possa abrir mão da reeleição.

“Temos um caminho a seguir, que é a candidatura de Cássio”, reiterou Cícero, que complementou assim: “O povo é quem quer”.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.