Temendo uma derrota, PSB trabalha para tornar adversários inelegíveis

Há em curso a tentativa do PSB de tornar os principais adversários da campanha de 2014 inelegíveis, cuja movimentação está direcionada ao PMDB. O partido comandado pelo ex-governador José Maranhão tem como candidato à sucessão governamental o ex-prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital.

Os “socialistas”, também, estão de olho no senador Cássio Cunha Lima (PSDB), principal aliado do atual governo. O partido do governador Ricardo Coutinho recolheu documentos que fizeram parte do processo de cassação do tucano em 2006 – confirmou em 2009 -, parte dele, inclusive estava de posse da Polícia Federal.

O não-candidato Cássio, segundo informações, teria tomado conhecimento das articulações, mas mantém o assunto sobre absoluto sigilo. Por isso, o PSDB, antes de lançar seu maior líder ao governo do Estado em 2014, irá fazer uma consulta ao Tribunal Superior Eleitoral para saber se há algum impedimento jurídico.

Quanto ao PMDB, as atenções estão voltadas para o julgamento das contas pelo TCE de Veneziano no período de sua gestão a frente da prefeitura de Campina Grande, segundo maior colégio eleitoral do Estado. Temendo os adversários, os “socialistas” avaliam que é possível vencer o jogo das eleições por WO.

Afinal de contas, o PSB começa antecipadamente sentir o peso da derrota.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.