Nonato não canta vitória antes do tempo; a disputa é contra a máquina

A intenção não é essa, mas o vice-prefeito de João Pessoa, Nonato Bandeira, na hipótese de vencer o Congresso Estadual do PPS, transformando-se em presidente da legenda na Paraíba, é desmoralizante para o governador Ricardo Coutinho (PSB), que apóia, trabalha e investe pesado para derrotar o grupo do seu ex-braço direito.

Na possibilidade de Nonato ascender a presidência do Partido Popular Socialista ele irá impor mais uma derrota ao ex-amigo e ex-aliado. A primeira aconteceu nas eleições municipais do ano passado, quando derrotou a candidato do governador e do esquema político dele. O segundo triunfo ocorreu recentemente, quando Bandeira elegeu o vereador Bruno Farias presidente do PPS de João Pessoa.

Enfim, parece que a eleição de Nonato é inevitável na próxima sexta (8) e tudo caminho para que isso venha ocorrer porque com a eleição dos diretórios do partido em João Pessoa e Campina Grande, o vice-prefeito da capital conquistou a maioria dos delegados.

Quem vem prestigiar o Congresso do PPS é a presidenciável do partido, Soninha Francine. Ou seja, vem dar uma força e ver, de perto, a eleição de Nonato para presidente da legenda na Paraíba.

Prudente, Nonato não canta vitória antes do tempo. Ele está certo. Afinal de contas, a disputa é contra a máquina.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.