Rodrigo Soares quer forçar debate sobre a saída de petistas do Palácio

A Executiva nacional do PT vai decidir sobre o “caso Luiz Couto”, deputado federal que segue atrelado ao governo do PSB do governador Ricardo Coutinho, inclusive com pessoas indicados pelo parlamentar dividindo espaço com os “socialistas”, hoje adversários da presidente Dilma Rousseff da eleição de 2014.

Considera-se que os petistas que estão exercendo cargo no governo do PSB são uma espécie de “estranho no ninho”, mas que, na verdade, não tem vez nem voz. O deputado Luiz Couto é mais ambicioso. Além dos cargos, ele está na disputa interna para assumir a presidência estadual do Partido dos Trabalhadores.

Certamente, esta atitude dele será reprovada de pronto pelos petistas, cujo partido anda em estado de graça porque comanda a prefeitura do principal colégio eleitoral do Estado. O ex-deputado Rodrigo Soares, atual presidente do PT, garantiu que irá provocar o debate sobre o caso da Paraíba na instância superior do partido.

“Vou requerer esse tema na pauta da próxima reunião da Executiva nacional”, afirmou Rodrigo Soares. Ele esperava que todos tivessem entregado os cargos quando do anunciou do rompimento da aliança feito pelo PSB. “Seria coerente e não precisaria estar aqui falando sobre esse assunto”.

Marinelson Batista (Agricultura), Carlos Alberto (adjunto da Infraestrutura) e Francisco Linhares (Turismo), são alguns dos petistas ocupando

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.