Governador pede desculpas ao MST e se autonomeia secretário estadual

As manifestações de junho foram decisivas para o governador Ricardo Coutinho (PSB) atender as reivindicações do Movimento Sem Terra (MST), recebido em audiência nesta quinta (24). Chegou até pedir desculpas por não ter recebido a comissão na semana passada, pois só fazia com a presença de cinco integrantes do grupo que, por outro lado, queriam participar da reunião com 15 representantes.

Enfim, os governistas estão comemorando até hoje o desfecho da audiência de ontem. Foram atendidos os 30 itens das reivindicações do Movimento Sem Terra. O governador não só pediu desculpas, como também se autonomeou secretário de Agricultura Familiar.

Como se sabe, o cargo está vago já alguns meses. Estava sendo ocupado pelo professor universitário Alexandre Eduardo de Araújo. Alegou problemas pessoais e pediu exoneração. De pronto, o governador Ricardo Coutinho atendeu. Parece que estava prevendo que assumiria o posto, conforme anunciou a comissão de manifestantes.

“A partir de agora eu mesmo vou encaminhar os assuntos de vocês”, disse o governador perante os representantes do MST e alguns secretários que estavam presentes a audiência, a exemplo de Estela Bezerra (Comunicação), Marenilson Batista (Agricultura), Cida Ramos (Bem Estar Social) e outros.

Parece que o governador não confia em nenhum dos auxiliares do Palácio da Redenção. Prova disso é que acabou se autonomeando novo titular da Secretaria de Agricultura Familiar.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.